Press "Enter" to skip to content

JARDIM ORIENTAL BUDDHA EDEN

Nem sempre é possível viajar e partir à descoberta de lugares distantes e diferentes. Mas ainda assim Portugal pode fazer com que nos sintamos no estrangeiro. Se não acredita, visite o Buddha Eden – Jardim da Paz. Embarque numa viagem até ao Oriente a custo zero.

 

Confesso que esta é uma viagem que tem sido adiada muitas vezes. Ainda assim a altura parece ser a indicada. Pelo caminho a Natureza está encantada com a chegada da Primavera. As pereiras renascem nos campos e as suas flores brancas sobressaem no verde da paisagem iluminada pelo sol.

Chegámos à Quinta dos Loridos. Quase que se trata de teletransportação. Num passo deixamos o mundo ocidental. Mal o outro pé toca no chão do Buddha Eden e, avistamos o Portão Principal, chegámos ao Oriente das transcendências, do dourado e dos deuses sorridentes.

As portas estão abertas a todos sem excepção. É um convite espiritual, pacífico, poético e belo. Tudo aqui se expressa através da tranquilidade e da energia. Trata-se de uma apelo à meditação, à partilha e à paz. As cores das inúmeras estátuas estão em sintonia com o verde do espaço. É a harmonia perfeita para um passeio, uma caminhada, um momento espiritual, uma boa conversa, ou até, uma corrida.

O silêncio é interrompido por um grupo de crianças que chegam para espalhar alegria. Entretanto, o sossego regressa para podermos apreciar os sons e os cheiros da Natureza. Um grande lago central ajuda a este clima de tranquilidade com os seus peixes Koi e os dragões esculpidos.

Na escadaria central encontramos os budas dourados bem dispostos. Deitados, em pé ou sentados, todos nos parecem saudar.

São várias as pessoas que se aproximam dos soldados de terracota e fazem uma pose. Mais uma foto. São 700 os soldados pintados à mão que encontramos no jardim.

As estátuas dispostas remetem-nos para a Índia, Vietname ou Tibete. Toneladas de mármore e granito, budas, lanternas e estátuas foram cuidadosamente colocadas neste espaço para que quem o visite leve daqui a vontade de fazer parte de um mundo melhor. Passe por lá e inspire-se!

 

História

A Quinta dos Loridos situa-se na freguesia do Carvalhal, concelho de Bombarral. Noutros tempos estas terras chegaram a pertencer ao Mosteiro de Alcobaça. Em 1430 foram doadas a João Annes Lourido. Mais tarde, já no século XVI, a família Sanches de Baena reconstruiu o Solar. Em 1989 foi adquirida pelo Madeirense Joe Berardo. O espaço tem 90 hectares. Ao Jardim Oriental Buddha Eden está dedicada uma área de cerca de 35 hectares. O plano é que sejam aqui colocadas 6 mil toneladas de estátuas. O projecto concebido pelo Comendador pretende homenagear os dois colossais Budas esculpidos na rocha do vale de Bamyan, a 230 km a noroeste de Kabul (Afeganistão), que em 2001 foram destruídos pelo governo Talibã sob a justificação de que as estátuas foram usadas no passado como ídolos por não-crentes e não representavam os princípios do islamismo.

Cátia Calado

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.