Press "Enter" to skip to content

COMÉRCIO EXTERNO PORTUGUÊS MAIS DEPENDENTE DE ESPANHA

A AICEP Portugal Global – agência para o investimento e comércio externo de Portugal revelou que Espanha é cada vez mais importante para o comércio externo português.

No seu relatório sobre o comércio de bens e serviços entre Portugal e Espanha entre 2013 e 2017 relevou o aumento deste comércio bilateral.

Espanha é o principal parceiro das exportações do comércio externo português com uma quota de mercado de quase terço, mais propriamente 31,9%.

A média de crescimento das exportações portuguesas para o país vizinho durante esse período foi de 5,6%.

Em termos absolutos as vendas para o maior mercado do comércio externo português passou de 11,17 mil milhões de euros em 2013 para os 13,88 mil milhões de euros em 2017.

Do lado inverso, Portugal no ano passado passou a ser o quarto maior mercado para as exportações espanholas.

Segundo informações prestadas pela presidência do governo de Espanha, no passado mês de Janeiro, Portugal foi o país da União Europeia com um maior crescimento das exportações espanholas com 17,6%. Seguindo-se  o Reino Unido com 6,4%, Alemanha com 5,7% e França com 3,2%.

No período entre 2013 e 2017, as importações portuguesas vindas de Espanha cresceram em média 4,7%. Passando de 18.390 mil milhões de euros para 22,090 mil milhões de euros.

Nos dois primeiros meses de 2018, o valor do comércio externo português para Espanha foi de 2,33 mil milhões de euros. O que corresponde a um aumento de 1,9% em relação ao período homológo do ano passado.

Em movimento inverso, as exportações espanholas para Portugal foram de 3,71 mul milhões de euros.

O saldo da balança comercial de bens caiu claramente a favor de Espanha.

Portugal passou de um saldo negativo de 7.21 mil milhões de euros em 2013, para os 8.20 mil milhões euros em 2017.

Pelo contrário, a balança comercial de serviços é mais favorável aos lusos, com um saldo positivo de 1,13 mil milhões de euros.

A AICEP Portugal Global refere que agora há cada vez mais exportadores.

Em 2012 haviam 5.317 empresas exportadoras para Espanha, passando no ano de 2017 a 5.571 empresas.

Os produtos mais vendidos com destino Espanha em 2017 foram: veículos e outros materiais de transporte com 11,5% do total das exportações, seguindo-se os produtos agrícolas com 10,7%, vestuário com 9,7% e os plásticos e borrachas com 9,1%.

Por outro lado, Portugal recebeu de Espanha com mais efectividade em 2017: produtos agrícolas com 15, 2% do total das importações, máquinas e aparelhos com 12,4%, metais comuns com 10,5%, veículos e outros materiais de transporte com 10,4% e produtos quimicos com 8%.

As relações económicas entre portugueses e espanhóis estão cada vez melhores, e são desta vez muito recomendáveis.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *