Press "Enter" to skip to content
Índice de desemprego baixa em Portugal

PORTUGAL MELHORA ÍNDICE DE DESEMPREGO

O desemprego continua a baixar e o índice de desemprego em Portugal ficou nos 7,3% em Maio passado.

Apesar da melhoria em relação ao mesmo período do ano passado, em que se cifrou em 9,2%, todavia subiu uma décima comparando com Abril passado.

Analisando com a zona Euro, a evolução deste índice macro-económico, Portugal teve um maior decréscimo, o que é de registar.

Enquanto na zona Euro o índice de desemprego médio foi de 7,7% em Maio de 2017, no mesmo período deste ano foi de 7%. Ou seja, baixou 0,7% na Europa, e em Portugal essa diferença foi de -1,9%.

Aliás, o Eurostat revelou também que Portugal registou a quarta maior descida da taxa de desemprego na Europa.

Assim, à frente de Portugal ficaram Chipre (de 11,4% para 8,4%), Croácia (de 11,3% para 8,9%) e da Grécia (de 22,1% para 20,1%).

Em relação a Espanha também há boas notícias.

No passado mês de Junho, o número de desempregados diminuiu em 89.968 pessoas, reflectindo em -2,8% em relação ao mês anterior.

Outra boa notícia é que o número de inscritos na segurança social volta a ultrapassar os 19 milhões, mais concretamente 19.020.000.

Há cerca de 10 anos que esta cifra não era alcançada.

Porém, a criação de emprego nesta época do ano, não parece que seja estrutural.

A campanha de verão que está a recrutar milhares de trabalhadores nos sectores da restauração e do turismo, dão justificação que a grande parte do emprego gerado tem mais a ver com um contexto conjectural.

Quanto aos países da União Europeia que registaram um menor índice de desemprego em Maio passado foram a República Checa com 2,3% e a Alemanha com 3,4%.

Do lado contrário desta infeliz lista, encontramos em primeiro lugar a Grécia com uns avassaladores 20,1% e a Espanha com uns significativos 15,8%.

 

 

 

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.