Press "Enter" to skip to content
Cimeira Luso Espanhola arranca em Valladolid

CIMEIRA LUSO ESPANHOLA ARRANCA EM VALLADOLID

Durante um encontro realizado na biblioteca da Fundação José Saramago em Lanzarote, Pedro Sánchez e António Costa decidiram nomear a cidade de Valladolid como palco da Cimeira luso espanhola de 2018.

A cerimonia de celebração dos 20 anos da atribuição do Prémio Nobel a José Saramago, na última residência oficial do escritor português, o primeiro-ministro português e o presidente do governo espanhol, vão propôr que o tema central da cimeira luso-espanhola de Valladolid seja a cooperação transfronteiriça.

António Costa chegou mesmo a declarar que: “como na Cimeira Luso Espanhola de Vila Real, há pouco mais de um ano, e que vai ter como tema fundamental as relações transfronteiriças e esse esforço comum que Portugal e Espanha têm que fazer para aproveitar as zonas de fronteira que fomos abandonando, de um lado e de outro, porque estávamos de costas viradas uns para os outros, começando por encontrar um ponto de união”

O governante português reconhece a má gestão dos sucessivos governos centrais, para desenvolver o interior português, e sobretudo as regiões fronteiriças, que não souberam a aproveitar os fundos europeus.

Já Pedro Sánchez quer potencializar o eixo Lisboa-Madrid para o contexto europeu, e ainda fez alusão a José Saramago referido que “foi  um  dos grandes defensores do “projecto ibérico”, de cooperação entre Espanha e Portugal, dentro de uma Europa mais unida.

Mas do lado espanhol apesar de um maior desenvolvimento económico que o lado português, porém, há indicadores muito preocupantes.

Por exemplo, na comunidade autónoma da Extremadura, não obstante o cresimento económico ocorrido este ano, e a previsão positiva de aumento do PIB extremenho para o próximo ano, todavia 400.000 extremenhos vivem com apenas 700 euros por mês.

Espera-se que a cimeira luso-espanhola de Valladolid seja rica em implementação de políticas e de apoios que façam movimentar de forma próspera as regiões fronteiriças de Portugal e Espanha.

O Palácio Real de Valladolid que chegou a ser a sede de governo do Reino de espanha no século XVII será o local de encontro das delegações dos governos de Portugal e de Espanha.

Espera-se que hoje, dia 21 de Novembro, Espanha e Portugal, mais propriamente os seus governos sejam capazes de honrar as suas declarações antes da XXX Cimeira Luso Espanhola que coloquem a raia, a nossa raia nas suas prioridades governativas.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.