Press "Enter" to skip to content

IMOBILIÁRIO: LISBOA A MAIS SEDUTORA DA EUROPA

O turismo massivo, a celebridades que encontram um novo refúgio e a instabilidade política na Catalunha, fazem de Lisboa a mais sedutora no mercado europeu do imobiliário.

A consultora PricewaterhouseCoopers (PwC) divulgou um estudo sobre “Tendências Emergentes no Mercado Imobiliário”, concluído que Lisboa é cidade mais sedutora do mercado europeu de imobiliário.

De facto, a capital portuguesa subiu 10 lugares até alcançar o topo desta lista.

Neste estudo Lisboa vence na opinião dos investidores com 4,27 pontos quer na opinião dos promotores com 4,11.

O Top 10 do ranking dos investidores é ainda constituído por: Berlim, Dublin, Madrid, Frankfurt, Amesterdão, Hamburgo, Helsínquia, Viena e Munique.

Porém, no que concerne ao ranking dos promotores existem algumas variações relativamente ao ranking dos investidores.

O Top 8 a partir do segundo ligar é constituído por: Berlim, Frankfurt, Madrid, Dublin, Hamburgo, Munique e Amesterdão.

Se a crise política na Catalunha derivada aos movimentos independentistas e à incapacidade do Estado espanhol em resolvê-la beneficiou muito Lisboa em alcançar o título de mais sedutora no mercado europeu de imobiliário, o mediatismo de alguns novos ilustres “lisboetas” também tem a sua responsabilidade na visibilidade de Portugal no estrangeiro.

Personalidades de grande projecção internacionais como: Madonna, Mónica Belluci, Michael Fassbender, Paolla Oliveira, Eric Cantona, Christian Liuboutin, Garrett McNamara ou John Malkovich também ajudaram a estimular a mercado imobiliário português.

Para 2019, os investidores estão a equacionar outras opções de investimento que antes não estavam no seu pensamento.

No topo das suas novas prioridades estão agora as residências universitárias, como quase um terço das suas preferências, escritórios para os espaços de coworking, residências para pessoas da terceira idade e imóveis para o turismo.

Em termos absolutos, e apesar das grandes condicionantes resultantes com todo o processo do BREXIT, Londres continua a ser a cidade preferida dos investidores.

Entre o último trimestre de 2017 e o terceiro deste ano, a capital do Reino Unido registou 20.000 milhões de euros em transacções imobiliárias.

Em segundo lugar, mas a grande distância de Londres, está Berlim com 12.000 milhões de euros. Madrid por sua vez, fica com 3.000 milhões de euros.

Lisboa, apesar ser a cidade mais sedutora do imobiliário europeu, em termos absolutos está fora desta vez do TOP 10.

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *